Medicamento Sujeito a Receita Médica

Folheto Informativo

anestocil®
Colírio, solução
Cloridrato de oxibuprocaína

Composição:
O Anestocil é um colírio, solução, que veicula o cloridrato de oxibuprocaína, na concentração de 4 mg/ml, em veículo isosmótico, estéril e de pH apropriado.

Apresentação:
O Anestocil é apresentado sob a forma farmacêutica de colírio em frascos com conta-gotas estéril, de LD-polietileno, com capacidade de 10 ml.

Actividade:
O Anestocil tem como única substância activa o Cloridrato de Oxibuprocaína, fármaco com acção anestésica superficial da córnea.

Responsável pela Introdução no Mercado:
Laboratório Edol – Produtos Farmacêuticos, S.A.
Av. 25 de Abril, 6-6A
2795-225 Linda-a-Velha
Portugal

Indicações terapêuticas:
O Anestocil está indicado na anestesia de superfície, quando necessário, em determinados actos médicos, tais como: tonometria, exames para lentes de contacto e extracção de corpos estranhos, da córnea e da conjuntiva.

Contra-indicações:
– Hipersensibilidade ao fármaco (cloridrato de oxibuprocaína) ou a qualquer dos componentes da formulação.
– Nunca utilizar este colírio para melhorar a tolerância de lentes de contacto.

Efeitos secundários:
– Pode ocorrer aquando da instilação uma sensação de calor ou de picadas que, salvo o momentâneo desconforto, não representam qualquer problema.
– Ao nível ocular: conjuntivites, edema corneal, úlcera da córnea, atraso na cicatrização corneal e queratites punctata.

Interacções medicamentosas:
Não estão documentadas.

Precauções especiais de utilização:
– Um colírio anestésico não tem qualquer acção curativa assim, no caso de ser administrado sem indicação médica, para acalmar uma dor no globo ocular, este emprego não deverá exceder dois dias sem se recorrer ao médico oftalmologista.
– O uso indiscriminado deste colírio pode ocasionar graves lesões da córnea e alterações irreversíveis da visão.
– Não se deve usar este colírio para acalmar uma dor no globo ocular, sem diagnóstico prévio do oftalmologista, porque pode mascarar ou agravar lesões na córnea.
– Deverá ser usado com precaução em doentes com alergia e hipertiroidismo.
– Após abertura, Anestocil colírio, solução tem o prazo de validade de 28 dias.

Efeitos em mulheres grávidas ou em período de aleitamento e crianças:
Não foram efectuados testes nestas situações, pelo que não se deve administrar este colírio durante a gravidez ou aleitamento.
Não utilizar em crianças de tenra idade, a não ser por expressa indicação médica.

Efeitos sobre a capacidade de condução e utilização de máquinas:
Não aplicável.

Excipientes:
Cloreto de sódio, Nitrato de fenilmercúrio e Água altamente purificada.

Posologia, modo e via de administração:
O ANESTOCIL é administrado localmente no globo ocular.
Cumprir rigorosamente a indicação médica.
Administrar em média 1 a 2 gotas, dois minutos antes do acto médico.

Atitudes a tomar no caso de omissão de uma ou mais doses:
Não se aplica.

Medidas a tomar em caso de sobredosagem:
Não se aplica.

Avisos:
– Um medicamento destina-se ao tratamento de uma situação objectiva. Para tal deverão cumprir-se escrupulosamente as indicações médicas.
– Aconselha-se o utente a comunicar ao seu médico ou farmacêutico a detecção de efeitos indesejáveis que não constam deste folheto.
– Deve verificar-se sempre o prazo de validade impresso na embalagem exterior.
– Guardar o medicamento em local apropriado, de preferência em local fresco (15-25ºC) e protegido da luz.
– Tratando-se de um produto exclusivamente para uso ocular, ao seu frasco com conta-gotas não deve ser dada qualquer outra utilização.
– Como todos os medicamentos, este deve ser mantido fora do alcance e da vista das crianças.

Data da última revisão deste folheto: Novembro de 2014