ORL

A Otorrinolaringologia (ORL) é a especialidade médico-cirúrgica responsável pela observação, diagnóstico, prevenção e tratamento das doenças dos ouvidos, nariz, faringe (garganta), laringe e pescoço.

Em Portugal, pela Ordem dos Médicos, a designação completa da especialidade é “Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial” e está dividida em várias subespecialidades, dedicando-se às seguintes áreas: Otologia, Otoneurologia, Cirurgia da Base do Crânio, Rinologia, Cirurgia Plástica Facial, Laringologia, Cirurgia Cabeça e Pescoço, Voz, ORL Pediátrica.

Atualente existem em Portugal cerca e 600 Otorrinolaringologistas.

Foi na década de 50 que as sociedades científicas se foram formando e que um grupo de Otorrinolaringologistas Portugueses se reuniram, sob orientação do Dr. António Manuel da Costa Quinta, e decidiram convocar uma reunião geral de Otorrinolaringologistas de todo o país com o objetivo de iniciarem a formação da Sociedade Portuguesa De Otorrinolaringologia e Bronco-Esofagologia.

A primeira direção foi eleita em 17 de Maio de 1953 para o biénio 1954-1955 e era constituída por: Dr. Alberto Luís de Mendonça (Presidente), Dr. Jaime Magalhães (Vice-presidente),Dr. António Manuel da Costa Quinta (1° Secretário), Dr. Albano Encarnação Coelho (2° Secretário), Dr. José Campos Henriques (Tesoureiro), Dr. Teófilo Esquível (Vogal) e Dr. Cancela de Amorim (Vogal).

Nota: Dados históricos adaptados de: www.sporl.pt